Estamos crescendo!

Sentimos falta de falar especificamente sobre o hábito, o dia-a-dia de cada um e de todos. Percebemos uma carência no pensar em cada um, sem botão de liga e desliga, conforme seu papel na sociedade. « Alguém um dia pulou aquele paralelepípedo fora do lugar em vez de arrumá-lo », foi o que ouvimos dia desses e é o que parece ser pouco notado e valorizado.  Buscar disseminar o conceito de que é nas atitudes diárias que se pode operar as mais consistentes transformações é um grande desafio porque não se pode medir resultados a curto prazo, não viabiliza escolher um público-alvo  ou categorizar atitudes. É trabalho de formiguinha, onde a tecnologia pouco ajuda. Ser souoqsoma é pensar e agir, ouvir e aprender, sabendo que sempre há algo que pode fazer pelo bem coletivo ou simplesmente de outro alguém, inclusive o meio-ambiente. Ao fazer, sabe que é seu exemplo que contagiará mais alguém, especialmente sendo persistente e fidedigno. Ser souoqsoma é também respeitar o que cada um tem para contribuir, inclusive você mesmo. Se essa mensagem te tocou, vem com a gente. Estamos crescendo!

Sandra, dezembro 2019